quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Do livro das Horas...



"Deixa que tudo te aconteça: beleza e pavor.
Só é preciso andar: nenhum sentimento é o mais longínquo.
Não te deixes apartar de mim.
É perto a terra
a que chamam vida."

Rainer Maria Rilke, " O Livro de Horas - Livro Primeiro", 1899

Foto: DDiArte

Um comentário:

Alice in Wonderland disse...

Me apaixonei pela obra. Fantástico!